Furar ou não a orelha do bebé?

Furar ou não a orelha do bebé?

Furar as orelhas das meninas à nascença é um tema controverso. Se há quem diga que não há mal algum, também há quem critique fortemente esta prática. Em 2015, houve até uma petição no Reino Unido para impedir os pais de furarem as orelhas dos bebés e crianças pequenas, sob o argumento de que “é uma forma de crueldade com as crianças. Dor severa e medo são infligidos às crianças desnecessariamente para satisfazer a uma vaidade dos pais“.
A minha mãe furou as minhas orelhas em bebé e conta-me que chorei muito, embora eu não me lembre de nada. Hoje gosto de usar brincos, acho que é um acessório bonito, mas havia necessidade de furar as orelhas tão cedo? Porque é que o fazemos? Por vaidade? Por imposição da sociedade? Qual é a necessidade?
Não critico quem o faz, mas sou da opinião que deve ser uma escolha e não uma obrigação. Por isso, optei por não furar as orelhas das minhas filhas e deixar a decisão para ser tomada por elas quando assim o entenderem.

Conheça o nosso TOP 5 de Chápeus